Bom dia, seja bem vindo(a) Visitante | faça o seu Login ou Cadastre-se Grátis
O Portal Consultores é focado no apoio técnico e metodológico, treinamento, interatividade, informações, ferramentas e serviços para profissionais independentes, consultores, coaches e palestrantes, constituindo desde 1990, a maior comunidade mundial destes profissionais em países de idioma português, com 65.119 participantes neste momento.
Especialidade para pesquisa
no Portal
Faça parte da comunidade
Consultores
     
 
Artigo
 
A contabilidade e o comércio varejista
08/05/2018 - por Carlos José Pedrosa

Já dissemos, em nosso artigo sobre contabilidade agrícola, que nem todas as pessoas têm uma compreensão exata de como a contabilidade se insere no mundo dos negócios. Entretanto, é uma necessidade imperiosa para quem exerce alguma atividade, seja comercial, industrial, bancária, de serviços, agrícola ou qualquer outra. Ao contrário do que muitos empresários pensam, contabilidade não é luxo nem é burocracia: é uma necessidade para qualquer empreendimento. No comércio varejista não é diferente. Muita gente pensa que controlando as compras e as vendas, tudo estará resolvido. É aí onde está o problema! Não há muita diferença entre a contabilidade comercial (de varejo) e a contabilidade de custos (industrial). Tudo gira em torno de como as operações se desenvolvem: a indústria aplica insumos na produção e obtém o produto final; o comércio compra o produto final, armazena e revende ao consumidor.

 

Entre uma ponta e a outra dessa linha está a atividade do comércio varejista, que merece nossa maior atenção. Dizer que o comércio se resume em comprar e vender será ignorar a essência das coisas. Comércio é muito mais que comprar e vender: é saber comprar e muito mais saber vender. Do contrário será melhor mudar de ramo. Enquanto ainda é tempo! Em primeiro lugar, é necessário conhecimento específico. Todo comerciante precisa conhecer muito bem seu ramo de negócios. Autopeças pode ser um ramo muito atrativo, mas é diferente de confecções, ou de armarinho. Esses, por sua vez, são diferentes do comércio varejista de combustíveis e lubrificantes, que são diferentes dos supermercados. Cada ramo varejista tem suas particularidades, de modo que um não se confunde com o outro. É preciso atentar bastante para essas diferenças. Na formação dos custos, por exemplo, e no cálculo do preço de venda, está uma diferença que pode por em risco a lucratividade. Uma indústria adquire insumos, armazena e depois distribui pelos setores produtivos. O comércio varejista faz o mesmo: adquire suas mercadorias, armazena e distribui pelos departamentos de venda.

 

Entre uma ponta e outra, há a incidência dos custos de armazenagem. Esses custos serão atribuídos às mercadorias adquiridas, que serão revendidas. Por conseguinte, o custo das mercadorias vendidas não será igual ao custo das mercadorias adquiridas, mais o frete e menos os impostos a recuperar: serão acrescidos do custo de armazenagem. Este será proporcional à área e ao tempo utilizado na armazenagem, que poderá ser em metros quadrados ou cúbicos, em tantos dias, dependendo da natureza das mercadorias armazenadas. O custo da armazenagem dividido pelas unidades armazenadas (metros cúbicos/dias, por exemplo), indicará o quanto cada produto deverá absorver. Estas considerações evidenciam a necessidade de um controle rigoroso sobre os estoques. Grandes quantidades implicarão em altos custos de armazenagem, o que poderá comprometer a margem de lucro.

 

A capacidade da empresa deverá ser levada em conta ao se determinar as quantidades a serem adquiridas. Também importante será o controle dos custos de distribuição. Um varejista de móveis, ou de eletrodomésticos ou eletroeletrônicos, pode fazer entregas, seja com frota própria ou terceirizada. Pode manter uma oficina para efeito da garantia das mercadorias vendidas. Tudo isso implica em custos, que não poderão ser ignorados. A forma como esses custos serão rateados pelas mercadorias, será tão importante quanto à própria venda. A partir daí, conhecendo os custos das mercadorias e os impostos incidentes (o que não falta neste País), será possível calcular os preços de venda. Todos estes aspectos específicos destacam as particularidades do comércio varejista. Não há mistério nem há segredos nessa atividade. Há “apenas” muita dedicação, persistência e vontade de vencer. Sobretudo, muito tino comercial, sem o que não poderá haver comerciante. Seria como haver empresa sem mercado. Um não vive sem o outro.

 

*    *     *

 

Sobre o autor: Carlos José Pedrosa é catarinense de Biguaçu, radicado em Alagoas. Tem formação em contabilidade, sendo um profissional autônomo oriundo da iniciativa privada. Com mais de 40 anos de atuação em banco, na indústria siderúrgica, metalúrgica, mecânica e de laticínios, no comércio, no setor jornalístico, em estatal de abastecimento e no setor público.

 

Carlos José Pedrosa
Maceió, AL

 

E-mail: cjpedrosa.consultoria@gmail.com – Skype: cjpedrosa.consultoria

 

 

 
 

 

 
Para acessar o CV do autor, clicar em seu nome no início deste artigo.
Para contatá-lo, clique aqui.
 
Artigos publicados deste autor(a)
 
Algumas Verdades que precisam ser ditas
 
POR QUE NÂO
 
Uma nova economia é possível
 
Novos negócios ou novos fracassos
 
A contabilidade em projetos de reflorestamento
 
Custos e Produtividade
 
A contabilidade como instrumento de gestão
 
Crise na empresa: uma questão interna
 
A contabilidade nos transportes
 
A contabilidade na hotelaria
 
A Contabilidade nos Estaleiros de Construção Naval
 
A contabilidade nas operações rurais
 
Contabilidade: ciência ou loucura?
 
Planejamento estratégico: reinventando o seu negócio
 
Método 3D de lucratividade: conheça esta ferramenta
 
Diagnóstico: Entendendo a crise
 
Momento Zero - Vencendo a Crise
 
   
     
  Busca por especialidade  
 
 
     
 
       
  Busca por autor  
 
Para listar todos os autores, clique em "buscar" sem preencher nada.
 
   
       
 
 
Dúvidas
Caso tenha alguma dúvida ou gostaria de obter maiores informações, basta utilizar um dos canais disponíveis abaixo:

 
 
 
 
     
   
     
       
 
Jusivaldo Almeida dos Santos
Finanças Pessoais
 
Gilberto Guimarães
Liderança Positiva
 
Bernardo Leite Moreira
Comportamento
 
Richard Doern
Empresas Familiares
 
Dino Mocsányi
Mudanças & Transições
 
Marcelo Miyashita
Marketing / Publicidade
 
Marcos Wunderlich
Coaching / Mentoring
 
André Luiz de Freitas
Gestão de Pessoas - RH
 
Tom Coelho
Gestão de Pessoas - RH
 
Casemiro de Oliveira Rosa
Estratégia
 
José Antonio Purcino
Jornalismo / Comunicação
 
Daniel De Stefano Menin
Marketing / Publicidade
Mentores do Portal

O conteúdo e retaguarda técnica
são validados pelo melhores
especialistas do mercado
em cada área.
     
Entre em contato conosco:
developed by MDF Tecnologia
 
  ©1996/2018 - Mocsányi Assessoria Ltda. | Todos os direitos reservados.

Endereço

Rua Tiradentes, 167 -
Parque Vila Rica - Santana de Parnaíba / São Paulo
06503-187
Tel.: / (11) 94755-9832

Horario de Atendimento
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00.