Bom dia, seja bem vindo(a) Visitante | faça o seu Login ou Cadastre-se Grátis
O Portal Consultores é focado no apoio técnico e metodológico, treinamento, interatividade, informações, ferramentas e serviços para profissionais independentes, consultores, coaches e palestrantes, constituindo desde 1990, a maior comunidade mundial destes profissionais em países de idioma português, com 65.119 participantes neste momento.
Especialidade para pesquisa
no Portal
Faça parte da comunidade
Consultores
     
 
Artigo
 
Crise de Identidade
22/11/2016 - por Tom Coelho

"Não passei pela crise dos 40. Na verdade, tenho crises diárias."
(José Mayer)

Meses atrás viajei para ministrar mais uma palestra. O trajeto de ida foi à bordo de um avião e tripulação da Varig. Ao término do vôo, a comissária comunicou aos passageiros: "Obrigado por voar Varig-TAM. Varig: ontem, hoje e sempre".

Meu retorno deu-se através de um avião e tripulação da TAM. Desta vez os agradecimentos tiveram o seguinte formato: "Obrigado por voar TAM-Varig. TAM: uma empresa que tem orgulho de ser brasileira".

Naquelas poucas palavras estava a síntese da crise de identidade proporcionada por processos de fusão ou incorporação de empresas que deixam para considerar, por último, o aspecto humano. Não se tratava apenas da diferença entre os slogans e do conflito entre as cores azuis e vermelhas.

Tratava-se de culturas distintas e de empresas com modelos de negócio diferenciados. Tratava-se de anos de disputa pelo espaço físico nos saguões dos aeroportos e pelo espaço subjetivo na mente dos consumidores. E, mais do que isso, tratava-se de um jogo sobre quem permaneceria em exercício e sobre quem iria engrossar as estatísticas de desemprego.

Era cristalina a tensão estampada no rosto daqueles profissionais. Não bastasse atuarem num negócio que tem a responsabilidade imanente da segurança e a pressão contínua envolvendo prazos e horários - as pessoas não compram assentos em aviões, compram economia de tempo - viam-se às voltas com a incerteza de seus próprios futuros.

Quando um jogador de futebol atinge determinada idade e abandona os gramados, ele pode se tornar um técnico, montar uma escolinha ou investir em outras atividades fazendo uso dos recursos financeiros acumulados ao longo de sua carreira.

Quando um executivo deixa seu posto, por opção ou por dispensa, pode buscar uma recolocação no mercado, tornar-se um consultor ou partir para uma carreira empreendedora. Mas o que pode fazer um profissional cuja expertise é pilotar aviões, caso seja demitido? Quantos conseguirão se recolocar num mercado formado basicamente por apenas três agremiações, de uma das quais ele está saindo?

Evitarei dispor de meu espaço e de seu tempo para relatar números sobre a situação financeira destas duas companhias. Tampouco tenho propriedade para falar sobre a tal crise da aviação civil, embora julgue incompreensível o resultado negativo de uma equação cujas variáveis são passagens mais caras, serviços mais modestos e aumento da taxa de ocupação dos vôos.

Intriga-me o fato de as companhias aéreas, via de regra, optarem pela efemeridade dos assentos vagos em detrimento de sua ocupação promocional com custo mais acessível. Esclarece-me o fato de outro player, a Gol, optar por sequer distribuir jornais em virtude de seu balanço apontar um lucro líquido por passageiro transportado da ordem de R$ 0,80. Ou seja, a mera distribuição de um jornal seria suficiente para tornar a operação deficitária.

Interessa-me saber o que farão com os milhares de profissionais envolvidos, mais do que a cor da última linha do balanço. O Estado brasileiro se desenvolveu e esqueceu a nação; as empresas brasileiras cresceram e esqueceram as pessoas que nelas trabalham.

Crise e Oportunidade

É velha a estória de que toda crise traz consigo ruptura e oportunidade. A sabedoria chinesa (wei-chi) e grega (kairós) nos legaram isso. O curioso é que estamos permanentemente em crise, nunca satisfeitos com o que temos. Feito crianças que lutam para serem presenteadas com um brinquedo novo e o abandonam após quinze minutos de divertimento, estamos sempre descontentes. Nossas crises pessoais são diárias. Nossas empresas estão em crises constantes. Nosso país atravessa uma crise ininterrupta. Por isso, resta-nos o tempo todo a necessidade de mudar e a urgência de fazê-lo enquanto ainda nos resta tempo. O tempo é longo, mas nossos dias são breves.

Assim, aos que atravessam crises, tenho muitos desejos. Desejo-lhes primeiro o discernimento, porque é preciso separar as crises reais das imaginárias e distinguir o "mudar" do "mudar para melhor". Desejo-lhes a flexibilidade, pois deve-se aprender a curvar-se diante da inexorabilidade dos fatos mesmo quando confrontados com os argumentos mais sólidos. Desejo-lhes a ousadia, porque é preferível tentar e arriscar a inclinar-se frente ao receio e às adversidades.

Desejo-lhes a criatividade, pois o mundo solicita que se faça diferente para que se possa evoluir. Mas, sobretudo, desejo-lhes a coragem, para dominar o medo, para realizar escolhas, para abdicar da estabilidade infeliz, para combater a hesitação, para negar o que não lhes convém e para exigir o que lhes é próprio, por direito divino. Você faz o que te dá medo e ganha coragem depois. Não antes. É assim que funciona. Já disse isso antes...

Mediante o uso destes atributos, empresas poderão cultivar o desafio de ingressar em novos mercados, casamentos de conveniência poderão permitir-se capitular, talentos artísticos enrustidos atrás de mesas de escritório poderão ser revelados.

Mediante o uso destes atributos, seus relacionamentos poderão ser mais verdadeiros, seu trabalho mais digno, sua compaixão mais autêntica, suas posses mais honestas e seu espírito mais elevado.

 
Para acessar o CV do autor, clicar em seu nome no início deste artigo.
Para contatá-lo, clique aqui.
 
Artigos publicados deste autor(a)
 
Aplicando 5S na vida pessoal
 
Voo 3840
 
Marketing pessoal - construindo a sua marca
 
Gênese da corrupção
 
Aplicando 5S nos escritórios de advocacia
 
Síndrome de Deus
 
Sete vidas - a arte de conciliar vida pessoal e profissional
 
O país da corrupção
 
Gestão com empatia
 
Excelência no atendimento
 
A arte de empreender
 
Stop and go
 
Quinze anos
 
Paternalismo Corporativo
 
Passos de Bebê
 
Regras de ouro para administrar o tempo e viver melhor
 
Tempo de escolher
 
Sobre heróis e mitos
 
A força da vocação
 
Resiliência
 
Para ler após o Reveillon... Aplicando 5S na Vida Pessoal
 
O Poder da Exaltação
 
O Pior dos Pecados
 
O peso do QI na recolocação profissional
 
O que os compradores querem
 
O mundo dos contratos
 
Na ponta dos dedos
 
O Coração da Empresa
 
Miopia e astigmatismo corporativos
 
Na Arena
 
O Desejado Pergaminho
 
O mal da mediocridade
 
O Engraxate
 
O clichê, o básico e o simples
 
O Brasil público que dá certo
 
Recordar é viver
 
Conheça sua base motivacional
 
Empreender é preciso
 
Maratona da Vida
 
Metamorfose Ambulante
 
Liderança e Poder
 
Estabilidade ou Promiscuidade na Carreira?
 
Ingredientes para o Sucesso
 
Fisiologia do Medo
 
Intraempreendedorismo: Desenvolvendo a cultura de dono
 
Gente do Bem
 
Facespam, chatwitter e a relevência na internet
 
Ensinando a Ousar
 
Jogando Xadrez
 
Exemplos e Opiniões
 
Especial é seu Bolso, não o Cheque!
 
Educação Sem Futuro
 
Ensaio sobre a Lágrima
 
Compradores Seriais
 
Cultura do Curto Prazo
 
Diários de Guerra
 
Diálogos Externos e Internos
 
Da Garagem ao Sucesso
 
Diferenciação
 
Desemprego Zero
 
Como se fosse a primeira vez
 
Compre Soluções e não Problemas
 
Analfabetismo Funcional
 
Bandeiras da Intolerância
 
Apesar de Vocês
 
Além dos Números
 
A Praga dos Juros
 
Iniciativa, hesitação e acabativa
 
Atitude
 
Metas, Realizações e Resultados
 
Guerras e Guerras
 
Ponto de vista
 
Mudança e tolerância
 
Faltam heróis
 
Cuide de sua vida
 
Coragem para mudar
 
Ser e Estar
 
Celebre sua Vida
 
Tempo Perdido
 
Anatomia do Amor
 
O Caminho do Meio
 
Fracasso e Sucesso
 
Sonhos e Metas
 
A Visão do Futuro
 
Crise de Liderança
 
Brasil Doente
 
Finanças Pessoais em Equilíbrio
 
Uma nova vida em dois anos
 
Um sentido para a vida
 
Você não é pago para isso!
 
Cinco passos para uma meta
 
O Sabor do Saber
 
Geração sem-sem
 
O filho e o pai
 
A Volta da Inflação
 
Faltam liderança e pauta aos manifestantes
 
Cliente, este intruso
 
A chave da boa educação
 
A era da integração
 
Au revoir Carnaval!
 
A vida sem celular
 
A hora do sprint
 
Serviço civil obrigatório
 
O fim do pão e circo
 
As três faces do respeito em vendas
 
Agenda de 10 Segundos
 
Lei muda
 
Copa e Olimpíada - Lições de planejamento e Ética
 
A Hora de Parar
 
Latitudes do Silêncio
 
Efeito Placebo
 
Dilemas Eleitorais
 
A face oculta dos planos de saúde
 
A dor da despedida
 
Basta de Informação!
 
República Parlamentarista do Brasil
 
Poeira no vento
 
O sexto homem
 
Liderança Questionada
 
A arte da chutometria
 
Água na Cabeça
 
Marketing de Percepção
 
37 não é febre
 
Leite e Pinga
 
A Ética e a compra de seguidores nas redes sociais
 
Chega de angústia
 
A ética do resultado
 
Começando pelo quintal
 
   
     
  Busca por especialidade  
 
 
     
 
       
  Busca por autor  
 
Para listar todos os autores, clique em "buscar" sem preencher nada.
 
   
       
 
 
Dúvidas
Caso tenha alguma dúvida ou gostaria de obter maiores informações, basta utilizar um dos canais disponíveis abaixo:

 
 
 
 
     
   
     
       
 
Daniel De Stefano Menin
Marketing / Publicidade
 
Gilberto Guimarães
Liderança Positiva
 
André Luiz de Freitas
Gestão de Pessoas - RH
 
Marcos Wunderlich
Coaching / Mentoring
 
Marcelo Miyashita
Marketing / Publicidade
 
Casemiro de Oliveira Rosa
Estratégia
 
Jusivaldo Almeida dos Santos
Finanças Pessoais
 
Tom Coelho
Gestão de Pessoas - RH
 
José Antonio Purcino
Jornalismo / Comunicação
 
Richard Doern
Empresas Familiares
 
Bernardo Leite Moreira
Comportamento
 
Dino Mocsányi
Mudanças & Transições
Mentores do Portal

O conteúdo e retaguarda técnica
são validados pelo melhores
especialistas do mercado
em cada área.
     
Entre em contato conosco:
developed by MDF Tecnologia
 
  ©1996/2017 - Mocsányi Assessoria Ltda. | Todos os direitos reservados.

Endereço

Rua Tiradentes, 167 -
Parque Vila Rica - Santana de Parnaíba / São Paulo
06503-187
Tel.: / (11) 94755-9832

Horario de Atendimento
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00.