Bom dia, seja bem vindo(a) Visitante | faça o seu Login ou Cadastre-se Grátis
O Portal Consultores é focado no apoio técnico e metodológico, treinamento, interatividade, informações, ferramentas e serviços para profissionais independentes, consultores, coaches e palestrantes, constituindo desde 1990, a maior comunidade mundial destes profissionais em países de idioma português, com 65.119 participantes neste momento.
Especialidade para pesquisa
no Portal
Faça parte da comunidade
Consultores
     
 
Artigo
 
O filho e o pai
06/08/2015 - por Tom Coelho

“Espera de teu filho o mesmo que fizeste a teu pai.”

(Tales de Mileto)

 

Tenho uma natureza minimalista. Talvez porque forjado pelas adversidades da vida e pela vocação para lidar com gente, não tenho apego a coisas. Acredito que a simplicidade é a quinta-essência da extravagância e a melhor das ostentações.

Este deve ser um dos motivos pelos quais ignoro quase todas as datas comemorativas, devido ao caráter comercial que as envolve. Contudo, algumas ocasiões funcionam como uma fenda no tempo, abrindo espaço em nossas concorridas agendas para resgatar sentimentos e emoções – o Dia dos Pais é exemplo disso.

Em 2009 perdi meu pai, vitimado por um câncer que evoluiu de forma silenciosa e imperceptível, sendo diagnosticado tardiamente e já em fase de metástase. Lutamos bravamente por quatro longos e intensos meses, com uma esperança incontestável. Ao final, restou-nos o consolo de que seu sofrimento fora breve.

Deste episódio, ficou a lição de como lidar com as perdas, posto que não estamos habituados a elas, sejam materiais ou não. Querer e não poder é desagradável, mas ter e perder é doloroso. Isso vale para dinheiro no bolso, um cargo executivo, uma partida jogada ou um amor que se despede. Por isso, relembrar meu pai remete não apenas à saudade, mas ao aprendizado de conviver com uma dor que não passa, mas à qual se acostuma...

Como ele faleceu precisamente dois dias antes do nascimento de minha filha, convivi em apenas 48 horas com tristeza e alegria, dor e deleite, choro e riso. A propósito, seus últimos ensinamentos foram legados à neta que não pôde conhecer. Assim, quando já debilitado fisicamente não mais conseguia caminhar com suas próprias pernas, e eu tinha que ampará-lo, era como se prenunciasse os dias futuros em que ensinaria minha filha a caminhar. Também tive que ajudá-lo a tomar banho, assear-se, vestir-se e alimentar-se, tal como faria dias depois com um recém-nascido.

Mas este é o olhar do filho, que deve ser complementado pelo olhar do pai.

De meus filhos mais velhos, Gabriel e Matheus, rememoro a lição da relatividade do tempo. Não, não se trata da teoria física. Falo da qualidade das relações interpessoais. Minha separação conjugal determinou que, como de hábito, eu ficasse com os garotos em finais de semana alternados. Isso significava dois dias a cada 15, ou seja, entre 36 e 48 horas a cada duas semanas, dependendo de eu estar em companhia deles a partir de uma sexta-feira à noite ou de um sábado pela manhã. Esses longos intervalos ensinaram-me que era possível ser um pai melhor e mais presente em um simples final de semana do que eu fora antes, convivendo todos os dias sob o mesmo teto. A relatividade da quantidade versus qualidade.

Da pequena Liz, minha filha mais nova contando pouco mais de cinco anos de idade, veio a oportunidade singular de exercitar meu papel de pai, redimindo-me dos erros cometidos no passado, substituindo a ausência pela presença e o provimento material pela educação, carinho e afeto permanentes.

Parafraseando Katherine Hadley, “A decisão de ter um filho é aceitar que seu coração irá para sempre estar fora do seu corpo”. Por isso, sinto-me completo apenas quando na companhia destas minhas crianças...

 
Para acessar o CV do autor, clicar em seu nome no início deste artigo.
Para contatá-lo, clique aqui.
 
Artigos publicados deste autor(a)
 
Aplicando 5S na vida pessoal
 
Voo 3840
 
Marketing pessoal - construindo a sua marca
 
Gênese da corrupção
 
Aplicando 5S nos escritórios de advocacia
 
Síndrome de Deus
 
O país da corrupção
 
Sete vidas - a arte de conciliar vida pessoal e profissional
 
Gestão com empatia
 
Excelência no atendimento
 
A arte de empreender
 
Regras de ouro para administrar o tempo e viver melhor
 
Sobre heróis e mitos
 
Stop and go
 
Paternalismo Corporativo
 
Quinze anos
 
Tempo de escolher
 
Passos de Bebê
 
A força da vocação
 
Para ler após o Reveillon... Aplicando 5S na Vida Pessoal
 
Resiliência
 
O que os compradores querem
 
O peso do QI na recolocação profissional
 
O Pior dos Pecados
 
O Poder da Exaltação
 
O Coração da Empresa
 
Miopia e astigmatismo corporativos
 
O Desejado Pergaminho
 
O mundo dos contratos
 
Na Arena
 
Na ponta dos dedos
 
O mal da mediocridade
 
O Engraxate
 
O Brasil público que dá certo
 
O clichê, o básico e o simples
 
Recordar é viver
 
Conheça sua base motivacional
 
Empreender é preciso
 
Liderança e Poder
 
Metamorfose Ambulante
 
Maratona da Vida
 
Ingredientes para o Sucesso
 
Intraempreendedorismo: Desenvolvendo a cultura de dono
 
Fisiologia do Medo
 
Facespam, chatwitter e a relevência na internet
 
Estabilidade ou Promiscuidade na Carreira?
 
Ensinando a Ousar
 
Gente do Bem
 
Jogando Xadrez
 
Exemplos e Opiniões
 
Especial é seu Bolso, não o Cheque!
 
Educação Sem Futuro
 
Ensaio sobre a Lágrima
 
Compre Soluções e não Problemas
 
Como se fosse a primeira vez
 
Cultura do Curto Prazo
 
Crise de Identidade
 
Diferenciação
 
Desemprego Zero
 
Da Garagem ao Sucesso
 
Compradores Seriais
 
Diálogos Externos e Internos
 
Diários de Guerra
 
A Praga dos Juros
 
Analfabetismo Funcional
 
Bandeiras da Intolerância
 
Além dos Números
 
Apesar de Vocês
 
Iniciativa, hesitação e acabativa
 
Atitude
 
Metas, Realizações e Resultados
 
Guerras e Guerras
 
Ponto de vista
 
Mudança e tolerância
 
Faltam heróis
 
Cuide de sua vida
 
Coragem para mudar
 
Ser e Estar
 
Celebre sua Vida
 
Tempo Perdido
 
Anatomia do Amor
 
O Caminho do Meio
 
Fracasso e Sucesso
 
Sonhos e Metas
 
A Visão do Futuro
 
Crise de Liderança
 
Brasil Doente
 
Finanças Pessoais em Equilíbrio
 
Você não é pago para isso!
 
Uma nova vida em dois anos
 
Um sentido para a vida
 
Cinco passos para uma meta
 
O Sabor do Saber
 
Geração sem-sem
 
A Volta da Inflação
 
Faltam liderança e pauta aos manifestantes
 
Cliente, este intruso
 
A chave da boa educação
 
A era da integração
 
Au revoir Carnaval!
 
A vida sem celular
 
A hora do sprint
 
Serviço civil obrigatório
 
O fim do pão e circo
 
As três faces do respeito em vendas
 
Agenda de 10 Segundos
 
Lei muda
 
Copa e Olimpíada - Lições de planejamento e Ética
 
A Hora de Parar
 
Latitudes do Silêncio
 
Efeito Placebo
 
Dilemas Eleitorais
 
A face oculta dos planos de saúde
 
A dor da despedida
 
Basta de Informação!
 
Poeira no vento
 
República Parlamentarista do Brasil
 
O sexto homem
 
Liderança Questionada
 
A arte da chutometria
 
Água na Cabeça
 
Marketing de Percepção
 
37 não é febre
 
Leite e Pinga
 
A Ética e a compra de seguidores nas redes sociais
 
Começando pelo quintal
 
Chega de angústia
 
A ética do resultado
 
   
     
  Busca por especialidade  
 
 
     
 
       
  Busca por autor  
 
Para listar todos os autores, clique em "buscar" sem preencher nada.
 
   
       
 
 
Dúvidas
Caso tenha alguma dúvida ou gostaria de obter maiores informações, basta utilizar um dos canais disponíveis abaixo:

 
 
 
 
     
   
     
       
 
Gilberto Guimarães
Liderança Positiva
 
Dino Mocsányi
Mudanças & Transições
 
Bernardo Leite Moreira
Comportamento
 
Marcos Wunderlich
Coaching / Mentoring
 
Richard Doern
Empresas Familiares
 
Casemiro de Oliveira Rosa
Estratégia
 
André Luiz de Freitas
Gestão de Pessoas - RH
 
José Antonio Purcino
Jornalismo / Comunicação
 
Daniel De Stefano Menin
Marketing / Publicidade
 
Marcelo Miyashita
Marketing / Publicidade
 
Tom Coelho
Gestão de Pessoas - RH
 
Jusivaldo Almeida dos Santos
Finanças Pessoais
Mentores do Portal

O conteúdo e retaguarda técnica
são validados pelo melhores
especialistas do mercado
em cada área.
     
Entre em contato conosco:
developed by MDF Tecnologia
 
  ©1996/2017 - Mocsányi Assessoria Ltda. | Todos os direitos reservados.

Endereço

Rua Tiradentes, 167 -
Parque Vila Rica - Santana de Parnaíba / São Paulo
06503-187
Tel.: / (11) 94755-9832

Horario de Atendimento
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00.